Vento, vento,
que corre pelo tempo,
chega até meu amor querido,e,
diz a ele, que aqui estou,
a chorar a dor,de uma saudade.
A saudade do seu amor...

Vento, vento,
rodopia por esse mundo afora,
diz a ele, o quanto seu querer me faz feliz,
mas, que longe de mim assim,
nada me diz, apenas o silêncio

me faz sentir, o quanto sua ausência

me faz infeliz...

Vento, vento
conta à quem amo, que,
fustigaste minha face e meu coração,
fazendo sangrar a dor, deste amor,
que tanto desejo agora, e esta distância
longe, o faz de mim...

Vento, vento
diga ao meu amor
que, contigo, estarei indo,
para acariciar, em forma de brisa,
seu corpo que me seduz,
e, suavemente seus cabelos remexer...

Vento, vento,
me leva agora, sem demora,
envolta em teus rodopios,
e, me entrega, nos braços deste Amor querido
tal qual, flor que flutua ao sabor do vento,
leva-me, e, deixa-me suavemente repousar,
nas mãos, deste meu Grande Amor!..


Leva-me agora...Vento!..


Thais S Francisco
"beijaflor"
Direitos @utorais Reservados


Clique para Enviar essa Página 

 

::: Menu ::: Voltar :::

 


ArtFinal:CrisJuan