Vai, meu poema,
corre o mundo com meus versos.
Canta em todos os idiomas
a melodia deste Amor
que dentro do peito carrego!..

Vai, meu poema,
declama cada verso,
com a ternura tal qual os escrevi.
Derrama em cada canto deste mundo
o Amor que de minh'alma transborda,
como favos de mel!..

Vai, meu poema,
voeja tal qual um beija flor.
Procura encontrar por mim
o dono deste Amor infinito
que pulsa forte dentro de mim,
querendo por inteiro se entregar!..

Vai, meu poema,
solta-te ao vento,
transforma-te em tempestade.
Depois, torna-te brisa serena,
para chegar em calmaria
aos ouvidos do meu Amor,
mesmo que sem rima,
em linda poesia!..

Vai, meu poema...
Segue igual a minha sina:
Encontrar o meu Amor
Onde quer que ele esteja...

...Vai meu poema...
Vai!..

Thais S Francisco
"beijaflor"
Direitos @utorais Reservados

 

Clique para Enviar essa Página 

 

::: Menu ::: Voltar :::

 

 

ArtFinal:CrisJuan