Sou, no jardim da vida,
resultado da semente que germinou,
no ventre da Mãe Natureza,
onde a paz se faz presente,e,
da cor do Manto da Virgem Maria
nasci azul, refletindo a cor do céu!..

Trago comigo a cor que acalma a alma.
Singela e meiga e pequenina
enfeito os canteiros que
ladeiam estradas,
para encantar e encorajar
os passos dos caminhantes!..

Nestes caminhos, te vi passar.
Encantei teu olhar, e, quase,
colheste-me para enfeitar teu altar.
Mas, percebeste que eu perderia a cor,
perderia a vida, se do colo da Mãe Terra
fosse eu, separada... então,
deixaste-me ali ficar, para
continuar meu viço, meu brilho,
e aos teus irmãos de caminhadas encantar..

Percebeste que te amei ,
quando teu olhar em mim pousou, e,
dei-te a certeza de que, ali, ficarei
a esperar que um dia, voltes
e traga no brilho do teu olhar
a luz que preciso para
manter-me azul da cor do céu,
do Manto da Virgem Maria!..

Não te demores a caminhar,
por estes caminhos,
estarei sempre a te esperar
como flor.... azul!..

Thais S Francisco
"beija-flor"

Direitos @utorais Reservados


 

Menu ::: Voltar

Clique para Enviar essa Página

 

ArtFinal:CrisJuan
Img/Foto:Alana Juan