Nas vestes da simplicidade
trago meu poetar
que apenas quer contar
mesmo em versos sem rimas
que meu Amor quer Amar!..

Do Tempo, trago a promessa
de um dia encontrar o par
e juntar no mesmo caminhar
o compasso dos passos
sob prateada luz do Luar..

Nas estações, componho canções
que cantam e encantam
sonhos de pequenina semente
que, em solo fértil, após chuva que
lava e alimenta a terra
em primavera quer germinar,
crescer, florescer
e ao querido Beija-flor,
seu néctar de amor
oferecer!..

Na simplicidade de meus versos
vou poetanto a espera
em sonhos de primavera.
Colher da flor já florescida
o mel, o néctar, a essência da vida
fará reviver em alegria
este coração sonhador,
que pulsa dentro do peito,
procurando o compasso
de tão querido Amor!..


Autora Thais S Francisco
Direitos @utorais Reservados

 

Clique para Enviar essa Página 

 

 

ArtFinal:CrisJuan