Noite de Natal

Não olvides que o Natal
é uma festa do céu, para a noite da Terra.
A Estrela de Belém brilhando,
além das nuvens... Vozes angelicais, rompendo as trevas...
E um berço, na manjedoura inválida de sombra,
em que o Rei da Luz começou o apostolado Divino,
entregando a Boa Nova de Eterna alegria
aos pastores de vida singela. Que o afagavam
com mãos calejadas e trêmulas...


É por isso que a tua noite de Natal
está povoada de júbilos santos.
Quase sempre,
a doce comunhão com aqueles que mais amas...
A árvore simbólica,
adornada por dádivas de carinho...
O doce calor do lar,
defendendo-te contra a ventania,
que reina lá fora... O bolo festivo....
Os cânticos e as orações,
que te recordam a chegada do Redentor...


Entretanto,
lembra-te de Jesus e não te detenhas!!!
Vives a tua hora de beleza, qual se respirasses
num dia maravilhoso de regozijo e esperança, mas,
não te esqueças de que milhões de almas choram,
anônimas, no agoniado nevoeiro do sofrimento.


São criancinhas esfomeadas, mães desfalecentes,
que a dor aprisiona em garras mortíferas,
enfermos cansados de abandono e velhinhos
torturados pela sede de afeto, a soluçarem de frio!!!


Pela memória do Celeste Renovador, que dizes amar,
desce do trono doméstico
para o vale dos que vagueiam sem rumo,
e estende-lhes mãos amigas.


Deixa que o anjo da caridade te guie os passos
e oferece algo de tua mesa e de tua fé
aos filhos da aflição e sentirás que o orvalho
de tua alegria será precioso bálsamo, sobre as
lágrimas que encharcam os corações
perdidos no infortúnio...


Recorda que o Divino Soberano escolheu a noite
para clima Revelador de sua grandeza...


Desce, pois, com a tua lâmpada,
à sombra de quantos se debatem entre as chagas
da ignorância e da miséria, e,
ajudando os que padecem, estarás, junto d'Êle,
a exaltar-Lhe a mensagem de Amor e Luz.


Por "Meimei"
Psicografada por *Francisco Cândido Xavier

Clique para Enviar essa Página 

::: Voltar :::


Formatado:CrisJuan