M u l h e r
Fonte de Vida


Meu nome?
Será que importa?
Apenas sou mulher
Sou dedicação
Até sou doação
Além de ser filha...
Namorada também sou
Noiva... Esposa ou irmã
Não importa a interpretação
Suporte familiar
Alicerce nas horas certas
Piloto de fogão
Conhecedora de desafios
Também da solidão
Nunca me entristeço
Ao deparar com a ingratidão
Sou tudo isso...
Não escolho profissão
Nasci para a vida
Viso à libertação
Também sou redimida...
Transformo a dor em salvação
Especialista em ceder o perdão!
Nas trevas sou luz
Em silêncio, sou guia
Que entre perigos conduz
Sou de fácil denominação
Basta sentir o meu sentir...
Não sou Amélia
Nem Dama tento ser
Muito menos, a flor camélia!
Apenas mulher de verdade
Visando a felicidade
Em qualquer sentido ou lugar
Mesmo na sociedade
gostaria ser tratada
com merecida dignidade...
Ideais?
Será que os tenho?
Todavia,
um nome preciso ter!
Poderia ser competência
Sobrenome?
Quem sabe, eficiência...
Porém,
prefiro ser denominada
apenas...
M u l h e r

Autoria:
Ilka Bosse
Bailarina das Letras
Blumenau - SC - Brasil
ilka.bosse@terra.com.br


*Esta, é minha homenagem
às mulheres deste lindo Planeta Azul,
pela passagem do Dia dedicado às
guerreiras incansáveis e fontes de vida!
*Ilka Bosse

 

Clique para Enviar essa Página 

::: Menu :::

 


 

Formatado:CrisJuan