Minha Mãe...

Mãe, que hoje torna-se filha,
depois de tanto cuidar de seus filhos,
acalentar seus netos, segurando suas
pequeninas mãos, nos primeiros passos,
curando seus machucados, e fazendo com carinho
bolinhos de chuva com café.....

Hoje, torna-se filha,
nos segurando as mãos, para conseguir
seus passos, que já falseiam...
Hoje, olha-nos, nos olhos
e sem dizer palavra alguma,
diz tanto do seu amor, que,
nos permite deixar transbordar lágrimas
do nosso olhar, tamanha é a emoção,
de sentir esse grandioso Amor,
que não se cansa....mesmo tendo o corpo arqueado
e cansado...esse Amor de Mãe!...

Toma minhas mãos ,Mamãe,
vem caminhar comigo, no jardim,
assim como eu, quando pequenina,
tomava suas mãos para caminharmos
pelo parque, para tomar sol, e,
aprender a firmar meu caminhar...

Vamos juntas, Mamãe, no banco da praça sentar
e, apreciar os pássaros nas árvores a cantar.
As flores, ontem, botões, hoje, já a desabrochar,
em exuberantes cores, em perfumes de amor,
saudando o Mestre, o Criador!..

Vem, Mamãe!
Quero ,hoje, te acarinhar os cabelos embranquecidos
olhar bem dentro do seu olhar
e, como fazia comigo criança,
encostar nariz com nariz e dizer baixinho:
Olha a corujinha...olha a corujinha....

Vem, Mamãe...
te aconchegues, nos meus abraços,
sente, no calor, dos beijos meus
o quanto é grande, meu Amor por ti...
por ti, Mamãe!!!

Thais "beijaflor"
10/05/08

Clique para Enviar essa Página 

::: Menu :::

 


Formatado:CrisJuan