Longe de ti,
O Sol, com sua luz e calor,
não consegue me aquecer..
A Lua, inspiração dos apaixonados,
apenas entristece meu anoitecer..
As estrelas que salpicam de luzes o firmamento,
tornam-se fragmentos de minha solidão..
A melodia romântica que embala os amores,
torna-se um triste lamento de saudade..

Longe de ti,
O cantar dos pássaros, que alegra o amanhecer,
torna-se o réquiem de minha dor, na falta de teu amor..
O colorido da vida em lindo arco-íris,
descolore-se, banhado pelas lágrimas
que vertem de meu olhar..

Longe de ti,
apenas meus dedos tornam-se ágeis,
a dedilhar neste teclado, meu apêlo em forma de email:

- Vem Amor,
traga contigo a alegria,
o amor de meu amor.
o calor dos braços teus a estreitar-me contra teu peito,
o ritmar de meu coração, no compasso do teu,
o êxtase do amor paixão, o misturar do mel,
o descansar em lençóis macios, impregnados
com o perfume do nosso amar..

Vem Amor .. não te demores..

Thais S Francisco
"beijaflor"
Direitos @utorais Reservados

Clique para Enviar essa Página 

 

::: Menu ::: Voltar :::

 

ArtFinal:CrisJuan