Lar, um lugar para voltar...


Você já se deu conta da importância do seu lar?

Não nos referimos ao valor financeiro da sua casa,
mas da importância do aconchego do lar.

Na correria do nosso dia-a-dia, muitos de nós não pensamos
no que significa ter um lar para voltar ao final de um dia
de trabalhos intensos e cansativos.

No entanto, o lar é a base segura de todos aqueles
que possuem esse grande tesouro.

Temos acompanhado as histórias de pessoas que obtiveram
grande sucesso nas artes, na música, nos esportes, e todos eles
apontam a união familiar como ponto de apoio seguro.

Existem pessoas que lutaram com dificuldades, passaram por necessidades
de toda ordem, mas lograram êxito graças ao carinho e à dignidade dos pais
que ofereceram suporte para vencer os obstáculos.

Por essa razão, o lar é um elemento indispensável
como base para uma carreira de sucesso.

Não importa o tamanho da construção nem o material de que é feito,
mas importa que seja um verdadeiro ninho de amor, afeto e amizade.

Pode ser uma mansão ou uma tapera...

Um bangalô, ou um barraco singelo...

Pode faltar o pão, mas não deve faltar
o abraço de ternura de uma mãe dedicada...

Pode faltar uma cama confortável, mas não deve faltar
os braços fortes de um pai que ampara e orienta...

Pode faltar o luxo, mas não deve faltar
o toque delicado de uma mãe caprichosa.

Pode faltar muita coisa, mas não pode faltar
o diálogo amigo que estreita os laços e se faz ponte
de entendimento em todas as situações.

A casa pode ser frágil e não oferecer resistência contra a chuva fria,
mas o lar deve ser bastante resistente para suportar as investidas das
drogas e de todos os vícios.

A construção pode balançar com os açoites dos ventos impiedosos,
mas o lar deve se manter firme mesmo diante das investidas mais ásperas
da indignidade e da desonra.

Se você nunca havia pensado nisso, pense agora.

E, à noitinha, enquanto o sol se despede do dia e o manto escuro da noite
se estende sobre a cidade, e você, vencido pelo cansaço, avistar seu lar
de portas abertas e um familiar de braços abertos para dizer:

- Olá! Como foi seu dia?

Você perceberá como é importante poder voltar para casa.

Com chuva ou com sol,
lá está o nosso lar para nos acolher e nos dar abrigo.

Por essa razão, valorizemos esse refúgio seguro no qual passamos
a maior parte de nossas vidas, valorizando também aqueles que compartilham
conosco desse pequeno oásis e fazendo com que ele possa ser um verdadeiro
porto seguro.

E nunca nos esqueçamos de que o lar, mesmo quando
assinalado pelas dores decorrentes do aprimoramento das arestas
dos que o constituem, é oficina purificadora onde se devem trabalhar
as bases seguras da humanidade de todos os tempos.


Autor:
Equipe da
Redação do Momento Espírita


Clique para Enviar essa Página 

 

::: Menu ::: Voltar :::

 

 

Formatação:CrisJuan