Botão de Rosa que se Transforma

Botão de rosa que se abre,
suavemente, pétala por pétala,
maciez de cetim, bordas rendilhadas
deixando espargir
doce fragrância no ar..

Perfume de rosa cor de rosa,
menina moça, moça mulher,
tal qual o botão da rosa
abrindo-se ,delicadamente,
e da inocente menina moça
deixa brotar a essência da moça mulher
que já sabe o que quer!..

Essência de vida, que brota com energia
da pele que sente, o amor chegar
querendo transbordar, romper barreiras
inundar vales, encontrar o caminho dos rios
e correr freneticamente para desaguar, no mar..

Mar de amores, desejos, sonhos, loucura..
Mar que recebe o rio, em ondas espumantes
no vai e vem das marés, no encontro do querer
somar, compartilhar, dividir, multiplicar
subtrair da essência, a semente viva..

Semente plantada,
no fremir dos amores,
acolhida, no calor de outra vida
que aconchega, estimula, gera,
espera ansiosa, corpo em transformação,
sonhos no embalo da canção divina
que entoa em melodia,
a criação de nova vida..

Vida que chega
querendo a Luz, querendo o Ar,
buscando acalmar, entre choro, sem lágrimas,
um pequenino coração, que se assusta com a chegada,
num mundo tão diferente, onde os ruídos não são abafados.
são nítidos, agressivos ao seu primeiro ouvir,
seu primeiro sentir, do lado de fora da bolsa,
o coração que bate, já cantando a canção de ninar,
mimando, no aconchego do peito farto,
essa maravilhosa transformação:

- da microscópica semente, um pequenino botão,
que, tal qual a rosa de bordas rendilhadas,
pétala por pétala foi se abrindo
em maravilhosa transformação chamada: SER!..

S E R ,
QUE TRAZ DO AMOR,
A  V I D A !..

Thais S Francisco
"beijaflor"
Direitos @utorais reservados à Autora

Ontem e Hoje...

Hoje, tu és rosa já desabrochada;
ainda ontem, uma rosa em botão.
Tens contigo fragrância amalgamada
no maturar dos aromas silentes do coração...

São aromas suaves, halos inebriantes,
brotados da pele que transpira Amor...
Menina... mulher... seus corpos mutantes
transformam tenra semente em bela flor...

E a flor, que esparge beleza e sedução,
lança ao ar sonhos plenos de vida...
Quem sabe... se transformar em aluvião,
buscando em êxtase o mar por todas as saídas...

Quem há de saber das águas... o romance,
as trocas, os delírios, as loucuras e os desejos,
emoldurados por carícias envolventes e itinerantes,
energia que prepara a cria no frissom dos beijos...

E a rosa... rosa em botão que foi um dia
agasalha a semente de renovação dentro de si,
exala novo perfume e se faz da Vida vigia,
para que no seu jardim se realize o ato de parir...

Um dia, a rosa de bordas rendilhadas
murchará e cairá no solo, natural e docemente,
deixando no ar a sua dádiva aromatizada:
a presença de um novo Ser... sublimemente...

Cartas de alforria
Escritos de Regina Coeli

Direitos @utorais reservados à Autora



Clique para Enviar essa Página

 

 

Direitos Autorais Reservados ao site Simplesmente Beija Flor
Midi: Ernesto Cortazar - You Are My Destiny
ArtFinal:CrisJuan