No espinho da linda flor,
sem saber da dor, me feri.
Sangrei, chorei
Minhas lágrimas
ao caírem, no botão ainda tenro,
imaculado, o induziu a se abrir, e,
pétala por pétala, expôs
sua essência.
Espargiu o olor ...que,
aos poucos, foi tomando conta de
minh'alma, e, deixando-me em êxtase
Na taça do Amor, bebi...

A dor se desfez, cicatrizou,
fez pequeno o espinho que me feriu.
Ergui a taça, brindei a vida,
e da fragrância contida na seiva,
como néctar em mel,
me embriaguei, e do Amor,
engravidei!

Voltei a Amar!!!!

Thais S Francisco
"beijaflor

Clique para Enviar essa Página 

 

::: Menu ::: Voltar :::

 

 

ArtFinal:CrisJuan