Dos meus problemas,
fiz um acolchoado de retalhos,
pedaços de dificuldades que
me fazem lembrar,da minha capacidade de superar
momentos difíceis,
e vejo pedaços que me
lembram fatos,
onde eu tinha certeza
que não iria resistir,
onde eu queria mesmo era morrer,
sumir:..

Amores perdidos que me
fizeram sofrer,
mortes inesperadas que
me deixaram vazio,
promessas que não aconteceram,
doenças,
discussões tolas,
brigas e desavenças,
sonhos que viraram pesadelos...

Um acolchoado triste,
pesado,
mas cheio de lições importantes,
cheio das minhas impressões,
do que eu era e do que
me transformei,
por isso essa força tamanha,
que carrego comigo por onde for,
e se encontro alguém
sofrendo pela estrada,
tiro da minha colcha
um retalhinho,
um pouco da minha
experiência com a dor,
e mostro carinhosamente
o caminho,
onde há flores,
espinhos e amor.

Peço para a pessoa olhar
lá na frente,
além do problema e da dificuldade,
depois, olhar para dentro
de si mesmo,
e encontrar a solução para tudo,
pois,
a dor vem dos outros,
a decepção também,
mas a solução está onde
sempre deve estar,
dentro de você, criatura divina,
feita para brilhar.

Ame-se!

Eu acredito em você.


TEXTO: Paulo Roberto Gaefke


Menu ::: Voltar

Clique para Enviar essa Página


 

ArtFinal:CrisJuan