CIRANDA AMOR
3ª Parte / Final

AMOR

Amor é tudo que nos faz sentir felizes
É o romper das barreriras
E viver a plenitude
de cada ser do e no planeta
É sentir pelo outro
O sentimento que gostarámos
que sentissem por nós!

Fernanda Pietra
lfpda@uol.com.br


CONFESSO, TE AMO!!

É chegada a hora,
preciso confessar
o que me vai na alma e no
mais escondido canto do coração!
Por você, esperei a vida inteira,
esperaria mais, até a hora derradeira.

Você apareceu, assim, como do nada,
fazendo explodir fogos e estrelas
dentro do meu peito,
já tão triste, infeliz, sem jeito.
Me acarinhou, me valorizou,
me entendeu, me amou !

Todos os sonhos guardados,
a esperança contida, sofrida,
para você entreguei sem medos,
em tuas mãos coloquei minha vida.
Me fez sentir verdadeiramente mulher,
que vai à luta, que sabe o que quer.
Amo o amor que me dá e que lhe tenho.

Hoje, você é parte do meu mundo,
lhe dedico um amor profundo,
mas sem coragem de admitir de vez,
ainda tenho essa enorme timidez
aliada ao medo de enfrentar
a todos e a tudo e que me
impede de toda essa paixão mostrar.

Então ... essa carta não vou lhe entregar,
vou enrolá-la, colocar numa garrafa
e no amigo mar , atirar. . .
Quem sabe, a força do meu amor,
do meu arrependimento, do meu medo,
faça um dia, a seus pés ela chegar !!!

Carol Rivers
carolrivers@uol.com.br


AMOR SEM IGUAL

Hoje quero você mais que uma vez
Encostar em seu corpo nu
Ficar horas sentindo
Seu cheiro de homem gostoso

Antes do nosso amor
O carinho de suas palavras
Antes do nosso carinho
Suas palavras doces de amor

Quero aprender contigo
Como te fazer feliz
Serei tua
Até quando você quiser
Aprendi que realizando você
Estarei realizada

Assim...
Desse jeito
Daquele jeito
Do jeito que for
Descobrindo nossa fonte de amor
Um amor inesgotável
Um fonte de amor natural
Sem igual
Amor ímpar
Amor par
Ou do jeito que nos realizar!

Miriam Torres
miriam.torres@uol.com.br

CANÇÃO DE TI

Há uma canção
que quando ouço, penso em ti
por mais que não queira
penso em ti, porque tu és
como a música
tocas mesmo quando não queres tocar
és como a música que teima
em me fazer lembrar das vezes
em que te quis beijar e não beijei
das formas em que te quis amar e não amei
devia ter-te roubado um beijo,
uma carícia, um segundo mais do teu tempo
antes que ele tivesse terminado,
poderia ter mergulhado no teu olhar
por mais um instante
e ter-te dito mais, muito mais.
queria poder parar o tempo,
no preciso instante
em que te aproximas e sorris.........

Há uma canção que me faz lembrar
esse sorriso de menino traquina
da tua voz, sempre doce, dos teus olhos,
sempre cheios de estórias para contar
das tuas mãos, sempre irrequietas
antes que ela tivesse terminado
devia ter-te contado das vezes
que te disse "amo-te" enquanto te olhava,
devia ter-te dito,
que era essa a forma como sabia amar
devia ter-te contado
das vezes que te contemplei
quando estavas distraído
das vezes que admirei em silêncio
devia ter-te dito que me fazias feliz
só por existires,
já não importa a música que vem a seguir
porque foi esta a canção que não quis amar
mas amei .....................

Heloisa Helena
heloisabreu@jato.com.br

AMOR...

Amor ...
palabra que surgió del atardecer
De la inmensidad del mar..,
de la sombra bajo el verde árbol,
en calurosas tardes de verano ,
de montañas azuladas a lo lejos...,
Amor…,
palabra que surgió de nuestro encuentro
en la profundidad de la tarde ..,
al besar tus labios ..
sentí gusto a mar,
a naturaleza, montañas y atardecer...,
Sabor de las entrañas mismas
de la tierra y eso es AMOR...

Marcelo Romano
Salta-Argentina
www.locurapoetica.com

SONHO DE AMOR

Amor eterno...
Terno entardecer outonal
horizonte calado
observando
movimentos lentos
entrelaçados pensamentos
corpos horizontais
incógnitos
sob o céu a testemunhar
na ramagem
pirilampos iluminam
paixão
aves noturnas ouvem
o farfalhar de folhas secas
agora úmidas
corpos brilham banhados
emaranhados pelo desejo
sol escondido
desnuda a lua dos amantes
prateando a paisagem
os corpos em êxtase
a paixão incontrolável
o sonho de amor...

Ligi@Tomarchio®
SP - SP
http://planeta.terra.com.br/arte/ligiatomarchio/

AMOR!

Amor dá-me prazer,
Dá-me virtude,
É o amanhecer,
Da minha altitude.

Amor é o meu sintoma,
De crescimento
Fino aroma,
Do meu juramento.

Amor é a minha presença
No recôndito do imo,
É a doce sentença,
Que preservo e estimo
.
Amor sou eu e tu
Companheiros de jornada,
A olho nu

Somos alvorada!

Suzette Duarte
SAGRES - PORTUGAL wwwsuzetteduarte.com


E POR FALAR DE AMOR

É fácil,
para quem tem no peito um coração enamorado
E na mente um querer apaixonado
O sol parace muito mais iluminado
A lua, arrasta sua luz brilhante pela rua E mesmo escondida,
Mostra toda beleza da vida
Falar de amor não só com palavras
Mas com gestos de pureza infinita
Com sorrisos
a iluminar a tristeza mais sentida
Com afagos,
mãos se encontrando, abraços apertados,
feito laços de união profunda
Onde o querer
tem maior sentido do que qualquer outro bem
Fazer crer aos pobres de sentimento
Que para o amor é sempre o momento, a hora, o dia
Falar de amor
Tem cheiro gostoso de flor
Tem a cor do olhar mais amado
Tem gosto de beijo molhado
Falar de amor
Sustenta quem se rende aos males
e faz surgir o desejo de prosseguir
Sentir-se amado, não é a qualquer um dado
É apenas terreno de quem se dá, sem cobrar
A quem olha e vê primeiro o seu coração
Antes de qualquer outra ação
Falar e sentir amor é uma graça a poucos concedida
Aproveita, viva a vida
Ame, ame a todos
Sem distinção
Que só fará bem ao seu coração!

Edna Berta
ednabac@yahoo.com.br

AMOR Y TATUAJE

Hoy tengo olor a vos
estoy amada
teñida amenzante de verano.
Soy diciembre ,biológico, descarado.
Empapado del sexo sudado de aguacero.
Soy aliento batallando la penumbra
latido sembrado al rocío transparente.
Un secreto a saliva rebosa
me conjuga hondonado los huecos y la boca,
rendida a la caricia de tu vuelo.
Hoy sé para que sirve además
una mandíbula
la vi rastrear mordiente la luna entre tu espalda
y adormecerse mansa en un ángulo tuyo.
Soy magia impostergable
inundando sospechas por abrazar al nómade.

Miriam Fuentes
salta - argentina
miriamfu@argentina.com

Tradução Feita Pela Autora

AMOR E TATUAJE

Hoje tenho cheiro a você
estou amada
tingida amenzante de verão.
Sou dezembro ,biológico, descarado.
Empapado do sexo suado de aguaceiro.
Sou alento batalhando a penumbra
latido semeado ao rocío transparente.
Um segredo a saliva rebosa
me conjuga hondonado os ocos e a boca,
rendida à carícia de teu vôo.
Hoje sei para que serve ademais
uma mandíbula
a vi rastrear mordiente a lua entre tuas costas
e adormecer-se mansa num ângulo teu.
Sou magia impostergable
inundando suspeitas por abraçar ao nómade.

Miriam Fuentes
salta - argentina
miriamfu@argentina.com


O AMOR

O que é o amor, senão lamentar-se,
entregar-se a esmo,
emaranhar-se em sonhos,
promessas, ilusões, desilusões...

O que é o amor, senão entregar-se,
banhar-se no mar e entregar-se a ele;
senão todas as tristes lágrimas,
das tristes recordações.

Amar é cantar, é contar segredos,
revelar estrelas,
sentir o vento gelando a face,
o sol se consumindo em calor.

Ah! Amar... É doar-se, embrenhar-se,
estar no mesmo lugar,
olhar para as mesmas coisas,
respirar o mesmo ar...
como se isso bastasse,
para a saudade amenizar.

Andrea Cristina Lopes

O AMOR E EU.

Chegou devagar, diferente,
com face de amigo.
Envolveu-me e eu me transformei em ternura.
minha alma ficou pura com esse lindo sentimento.

Meu amor de voz diferente
que sussurra aos meus ouvidos.
Faz-me viajar e estrelas buscar
só para te entregar.

Ah o amor,
sentimento de vida que brilha meus olhos,
afaga minha alma,
deixando-me calma,
querendo te abraçar.

Quando me tens em teus braços,
halos de luz nos contornam,
tamanha é a nossa sintonia,
a empatia de dois corações amorosos
que só uma coisa deseja,
a paz, a cumplicidade ao se amar.

Sandra Wajman Gruner - Fada Bela®
fadabela@grupos.com.br

NOITE FRIA

Nesta minha noite tão fria,
meu coração palpita sofrendo
angústia e remorsos
porque seu calor está perdendo. . .

O que será dele se partires para sempre?
O que outrora fora tão alegre,
ardente, jovial e bonito,
hoje mergulha num obscuro infinito,
esquecendo tudo...Tudo...
O verão...O outono...A primavera...
Só restou o inverno desta noite tão fria...

Reinaldo Francisconi.
conisfrancis@yahoo.com.br

É ASSIM..

Saudades não...
porta a fora enxote-a,
ela so te faz sofrer,
procure por outros ideais,
que te façam crescer...
Pessoas que não merecem
a nossa confiança
estão predestinadas
ao nosso esquecimento...
De uma coisa podemos
ter plena certeza,
aquele que foi excluido
irá sofrer também,
pois silenciosamente
o despreso é uma arma
que muito fere e magoa...
É direito e dever teu
sair em busca de quem
merece teu carinho
e tua sincera afeição...
Olhe para a imensidão,
de repente quem pode
te fazer muito feliz
está bem perto e,
não estás identificando-o

Marilena Basso
lenabasso@intercanalum.com.br

AMAR VOCÊ

Amar você
é sentir continuar a vida;
é ser mais forte a cada dia;
é um caminhar seguro
pelas incertezas do amanhã.
Amar você
é sentir seu sorriso lindo;
suas palavras doces a me embalar;
sua maneira única de beijar
meus olhos suplicantes pelo amor.

Amar você
é sentir suas carícias...
sentir suas mãos por todo o meu corpo
desta maneira doce que só você sabe tocar
e tão profunda de sentir!
Fazendo todo o meu ser estremecer,
levando-me ao êxtase do prazer total
numa profusão de sons e odores.

Amar você
é sentir que não foi um sonho...
é sentir seu corpo colado ao meu
depois do ato de amor completado e saciado.

Amar você
é ficarmos nos acarinhando
até que o desejo de estarmos um no outro
novamente nos leve ao mais profundo amor,
desejando que a noite nunca termine.

Gloria Guedes
Juiz de Fora - MG
gloriaguedes@superig.com.br

É O AMOR

Te senti no oxigênio que respiro...
E ao ouvir o martelar de teu coração,
descarregando o fardo de sombras sem razão,
minha dor se alivia. E, por fim, suspiro...

De tua voz, ouço o balbuciar
que aquece a frieza do espaço,
dissipando o dolorido cansaço
de meus olhos em seu patético pestanejar.

Vejo um raiozinho de sol em teu sorriso,
satisfeito, dirigindo-se a mim.
Sempre quis aceder-me a um ardor assim:
fogoso, incandescente, solidário, submisso!

Percebo teu carinho a desnudar-me docemente,
a envolver-me em carícias audazes,
em um redemoinho de emoções sagazes,
que fazem meu coração expandir alegremente.

Nesse instante, tingido de ouro, simplesmente,
meu coração floresce em soberba chama pura.
Que sucede? Quanta ventura!
É o amor que chega, minh'alma sente!

Joanita Ferreira de Araujo (Juany)
Juiz de Fora - MG
juany@acessa.com

MORRER DE AMOR

Há momentos que a dor
sufoca meus gritos
no âmago do meu eu.

Suporto tudo por ti, meu amor.
Por ti darei a minha vida...
se necessário for...

Só não me peças para viver
assim por muito tempo:
A vitalidade se vai com o vento
e me arrasta sem querer
a morrer de amor!!

Olga Kapatti.K
SJRPreto - SP olga.kapatti@terra.com.br

ESSE AMOR DISTANTE

Tenho este amor em meus pensamentos,
onde guardo todos nossos momentos.
Como num passe de mágica,
fecho os olhos e me transporto
para junto de ti.

Para ser amada, sentir teu calor e
ouvir tua voz suave.
Como num encanto, estamos juntos,
unidos pela força deste amor.

Sinto agora o teu beijo em meus lábios,
o roçar de tuas mãos por meu rosto.
É a magia deste amor
que supera essa separação
, a dor da tua ausência.
Mesmo tão distantes,
juntos permanecemos com esse amor infinito
.
FASCINATION
fascinatiohome@globo.com.br

ESSE AMOR DISTANTE

Extremo carinho, estranho amor
Nada se compara com que sinto por tir
Sensação de tudo completado...

Pérola negra jóia mais que rara
Tua paz em teu sorriso
Me desconcerta e me nocauteia...r

Tê-la somente para mimr
É uma tremenda emoção sem fim
Quero meus dias sempre assim...
r
Contigo me realizo
Me completo e me renovo
E perco o meu juízo...

Não sinto a loucura
Porém constantemente deliro
Oh! Feliz criatura...

No tempo viajo com toda emoção
Para ti sou só sedução
Amor constante em meu coração
A mais pura realização...

Seguimos nossas vidas
Fazendo só aquilo que mais queremos
Esquecendo todas as feridas...

Oh! Minha pérola negra
De ti sou tua aconchegante ostra
Esqueço toda e qualquer regra
Vivendo o que a vida nos mostra...

Vivemos eternamente no céu
Sempre amparados por todos os anjos
Amando sem qualquer véu...

Em sã consciência
Você é tudo que quero
Por ti tenho toda paciência
Daquilo que de ti espero
Sem qualquer experiência
Só amor sincero...

Nada quero te pedir
Apenas quero viver ao teu lado
Fazendo amor e tudo que sentir
Desejo por ti ser imolado
Porém nunca violentado
Apenas muito amado...

Pérola negra, negra pérola
Amor querido de minha vida
PURA REALIDADE...

Diógenes Davanzo
diodav@uol.com.br

POEMA DE AMOR

Eu ainda vou buscar-te
Para em teus pés depositar
Um pedaço da lua
Para que saibam que ela é toda tua

Não entristeça, é pouco reconheço
Mas compreenda, não foi falta de querer
Trazê-la toda de uma só vez
Teu brilho ofuscaria a sua limpidez

Eu ainda vou buscar
Para em teus pés depositar
Algumas estrelas do firmamento
Para ornamentar o nosso momento

Eu ainda vou buscar
Para em teus pés depositar
Todas as flores ainda que pintadas em uma tela
Para que você entre todas seja a mais bela

Eu ainda vou buscar
Para em teus pés depositar
O astro rei com seus raios ardentes
Só para enciumar os que se dizem amantes

Se porém, nada disso fizer
Se os meus sonhos não realizar
Saiba que aos teus pés eu hei de estar
Pois nesta vida só sei te amar.

Wilson de O.Carvalho
mjwocarvalho@terra.com.br

QUERIA FALAR DO MEU AMOR

Meu amor é cristalino,
como uma gota de orvalho
que quando cai se espalha
em pedacinhos de cristais.

Meu amor é transparente,
límpido, da cor do firmamento.
Meu amor é como uma rosa branca,
que ,quando desabrocha, abre-se toda,
para dizer ao meu amor o quanto o amo!

Meu amor é como a natureza, bela, perfeita,
escupida pelas mãos de Deus!
Queria eu espalhar o meu Amor,
pelo Universo,
para dar ao mundo inteiro
muito Amor e muita Paz!

As vezes, Amor, sinto-o muito distante, longe...
Tenho vontade de correr até onde estás,
pegar em tuas mãos, e,
sem vergonha alguma, dizer ao mundo todo:
Te Amo! Te Amo! Te Amo!

Meu Amor é grande demais!
Como queria falar, para que todos soubessem
deste meu Amor!
Amor, puro, sincero, amor infinito
de muita saudade, de muita beleza transparente,
sem interesse de nada, apenas em Amar-te
Amor puro e carnal, de muito sentimento para dar.

Este poema dedico a ti, meu amor eterno!

Maria Aparecida Macedo "Maria Anjinha"
Araruama - Est. do Rio de Janeiro
mam@araruama.com.br

SENTIMENTOS MEUS

Ah!.. Sentimentos meus,
que me envolvem,
que me confundem..
como dizer a quem amo,
que a saudade é muita e
está a me machucar..
Que o amor que trago em mim
tem destinatário certo..
Que só a êle é dedicado?

Ah!.. Sentimentos meus,
Como secar o pranto que me marca a face
quando a distância nos separa?
Como acalmar meu coração
na ansiedade de um novo encontro..
para que eu entregue e receba todo
carinho de um grande Amor?

Ah!.. Sentimentos meus,
voem no tempo,
no espaço desta distância que nos separa
e chegue ao meu Amor,
sussurrando-lhe aos ouvidos que aqui estou,
sempre sempre a Amá-lo!

Ah!.. Sentimentos meus...!!!

Thais S Francisco "beijaflor"
São Paulo SP
ts.francisco@uol.com.br

Direitos Autorais
Autores - Poemas
Amparados na Lei nr.9.610, de 19/02/98

Clique para Enviar essa Página 

::: Menu :::


Formatado:CrisJuan