CIRANDA AMOR
1ª Parte

AMOR

Amor!
Inunda minh'alma!
Dá a esta peregrina
esta sensação de que nunca passarás!

De que sempre estarás comigo,
Hoje, amanhã, no futuro,
no presente!
Inunda minh'alma!

Coração amado,
lábios velados,
ouvidos abertos,
sexo saciado!

Poros dilatados,
olhos enternecidos,
boca na tua,
silêncio na alma!
Amor!
Inunda minh'alma!

Não me deixes,
nem por um momento,
minha vida na tua,
paz do meu Amor,
resquício de poesia!
Vem!
Inunda minh'alma.

E faremos,
neste entardecer
um acalanto de amor
que eterno será
enquanto viver! Vem, Amor,
Inunda minh'alma,
para depois,
Morrer!

Eda Carneiro da Rocha
ben@araruama.com.br Araruama


AMAR

Amar, perdoar
Amar, ajudar
Amar, amparar
Amar, consolar

Amar, humilhar
Amar, aproximar
Amar, ter amor,
Amar, dar uma flor,

Amar, sentimento mútuo,
Amar é plantar e colher bons frutos
Amar, ternura
Amar, que coisa pura,

Amar, não ver defeito,
Amar de qualquer jeito
Amar querer o bem
Amar para sempre, amém!

Valeriano Luiz da Silva
Anápolis Go
valerianols@globo.com


AM0R

Sacia-me o desejo
Cobre-me de beijo
Deixa-me plena e serena!...
Acalma o palpitar
Do meu coração
Preenche a minha alma
E o meu querer
Ocupa minha emoção
E o meu viver
Olha-me
Com olhos de amor
Cura-me do corpo a dor
Dá-me a luz do teu olhar
Para os meus dias iluminar
Afaga-me, amor,
Com o teu calor
Abraça-me e faz-me sentir
Todo teu amor
Pulsar dentro de mim

Emília Possídio
Fortaleza - CE
emypossi@globo.com

AM0R ETERNO

Neste recanto tranqüilo, junto ao lago,
Onde o pássaro é maestro
do seu próprio canto...
E às flores de um colorido
brilhante e com perfume inebriante...
O lago reflete toda beleza,
feliz por fazer parte da natureza...
E é Aqui neste mágico recanto ,
que venho esconder meu pranto...
Pranto de saudades, não de tristeza,
feliz, pois vivi um grande amor e
por isso tenho saudades...
Olho para este paraíso e
parece que o tempo não passou,
que nada mudou...
Que a qualquer momento tu virás...
Feliz como sempre, pra me buscar...
Acho mesmo, que virás e sei que não vai demorar...
Essa certeza que tenho,
é que me trás a tranqüilidade,
de saber que em breve,
estaremos novamente juntos...
E dessa vez, será por toda a eternidade...

Edna Liany Carreon
São José dos Campos - SP
ednaliany@superig.com.br

A EL AMOR

MOTE:

Em ternura plena y extrema,
Nuestros sueños se cruzaron!

La noche se hizo poema...
!Los versos tambíén se amaron!...

En ternura plena y extrema,
nos entregamos los dos,
en una caricia suprema,
sin un antes, ni después.

En ese momento tan lindo,
Nuestros sueños se cruzaron,
vivimos el amor, sonriendo,
por todos que ya se amaron.

Del amor, hice mi lema.
En besos leí tus versos,
la noche se hizo poema...
uniendo sueños dispersos.

Poesía, cariño y amor,
abrazados se hermanaron...
Nos amamos con fervor,
¡ los versos también se amaron!...

Glosando Flávio Roberto Stefani
Gislaine Canales
Traducida por Sofia Ríccio

AO AMOR

MOTE:

Em ternura plena e extrema,
Nosso sonhos se cruzaram!
E a noite se fez poema...
E os versos também se amaram!...

Em ternura plena e extrema,
nos entregamos os dois,
numa carícia suprema,
sem antes e sem depois.

Nesse momento tão lindo,
Nossos sonhos se cruzaram,
vivemos o amor, sorrindo,
por todos que já se amaram.
De amor, então, fiz meu lema.

Em beijos eu li teus versos,
E a noite se fez poema...
unindo os sonhos dispersos.

Poesia, carinho e amor
abraçados, se irmanaram...
Nos amamos com fervor,
e os versos também se amaram!...

Glosando Flávio Roberto Stefani
Gislaine Canales
Traducida por Sofia Ríccio

A MAGIA

Um amor não se delega
e
muito menos se renega.
Ele sempre se rega,
e
nunca se nega.
Quer sempre o que carrega,
como diz a regra.

A paixão que espere.
A razão,
que não se desespere.
O coração estremece,
mas que também espere.

Enfim,
ele sobrevem,
primeiro,
como mestre que é.

De todos
os sentimentos alados.
E avisa.
Eu o amor, a despeito
da dor,
começo
e
recomeço
todos os dias...

Marcos Milhazes***
Araruama - Est.Rio de Janeiro
marcosmilhazes@globo.com

AMOR / AHAVAH

O amor, o verdadeiro amor vem somando,
vem juntando pensamentos,
corpos, objetivos,
células,
juramentos!

Depois ele amadurece e serena,
agrega,
os pensamentos já são divergentes,
mas sempre se chega a um consenso,
não existe o ceder
e sim o compreender.

Com o passar dos anos,
o amor já é companheiro,
aquela beleza do corpo já se foi,
mas ficou o amor amigo,
ficou o que vai durar para sempre:
A comunhão das almas!

Rivkah
rivkah@terra.com.br


AMOR MADURO

Amor... cheguei
Passo entrar?
Vim para ficar.
Quer?

Desta vez te encontrei
Desta vez estou amando
Um amor maduro
Não menos belo.

Pelo contrário...
O amor maduro
É o mais belo
O mais verdadeiro
Pois chega, para ficar!

Tem o encanto da vida
O amadurecimento, dos anos
É sábio, sabe o que quer.
E quando vem, saiba amor.
É para ficar!!

Marici Bross
mamb@terra.com.br
www.maricibross.com

AMOR VIRTUAL...
QUEM DERA FOSSE REAL!

No momento em que te conheci ....
senti meu coração bater compassado
Era de tanta felicidade ....
e desde esse momento mágico
Passo as noites em claro ....
desenhando você em meu pensamento
Perguntando por que razão ....
não posso estar a seu lado

Compartilhando seus segredos ....
alegrias e até mesmo as dores
Como se fôssemos dois amores ....
Que um dia o destino uniu
Com todas as suas forças ....
Foi Amor à primeira vista!
E eu sinto que ele é verdadeiro ....
pena que também seja meramente virtual

E então eu me questiono? ....
será que um dia ele vai se tornar real?

Elisa de Andrade
Petrópolis - RJ
casasaudavel@yahoo.com.br


AMOR

Amor, arrebata-me na dor
para trazer-me a realidade.
Ah, por que não me deixas sempre feliz
E sem dor?

Amor, vem, chega ligeiro...
Carrega-me em suas asas,
Faz-me nuvem ou poeira,
Vendaval ou brisa,
Mas, leva-me com você.

Anna Paes
anna@anna.paes.non.br

AURORAS E ALEGRIAS

Não me espere, amor,
venha buscar-me
pois que a aurora em breve
pode se acabar.

A vida é curta
e eu estou sozinha
cansada de sonhar.

Não me espere, amor,
Venha acordar-me
quero correr na areia
viva e solta
o céu alcançar
em suas mãos, rejuvenescida
por seu olhar.

Não me espere, amor,
venha depressa
viver comigo as noites
madrugadas e dias
pois que o nosso tempo
deve ser vivido
feito de alegrias.

Célia Lamounier de Araújo
celialam@mcnet.inf.br
http://celialamounier.portalcen.org

AMOR

Crime e castigo,
Paz e aflição,
Tristeza e perdão...
Preces saudosas,
Ave Maria dos enfermos de coração
Paixão que faz reviravoltas nos sentimentos

Bem estar, bem querer,
bem me quer, bem fazer,
mal estar, mal me quer

Amor, conflito entre homem e mulher
Juízo, sem juízo
equilíbrio e desequilíbrio
Mas todo mundo o quer!

Margaret Pelicano
rendas.e.paixao@terra.com.br

COMO...

Como não atender a esse apelo
de minh'alma amada,
Inundarei com todo meu amor,
vida da minha vida
meu amor buscado
por todas as estradas,
caminhos,
trilhas,
andanças de um tempo sem tempo
e hoje reencontrada em ti
tudo que sempre sonhei.

Sedarei teus desejos
amando-te infinitamente.
Lábios que se buscam
numa entrega total,
onde nossos corpos se tornam unos
e se entrelaçam num doar sem fim
buscando o êxtase de nós,
o sabor do néctar
com gosto de mel
e lentamente sugá-lo
ate entorpecer todos nossos sentidos
nesse desvairado amor
que enlouquece todo meu ser
que te busca a cada amanhecer
para saciar nossa sede
de amar.

Viver, amar, morrer
e renascer a cada ato vivenciado
nesse inundado amor de nós
sempre em busca
do alívio de nossa alma,
dos nossos desejos,
e em espasmos
delírios,
extases
viveremos todos os momentos
da nossa vida
e seremos sempre uma entrega
viva e latejante do nosso ser
que anseia apenas
o amor
e o inundar
em serenas emoções.

Zelisa Camargo
zelisa@cultura.com.br

VIRTUDE AMANTE

A potência do amor
Que cerca meu coração
Em explosão de sentimentos
Atmosfera amante
Riqueza em evaporação
Sempre exuberante
Este meu lado é marcante
Afeto contínuo...virtude
Ou desalindo...pior caminho,

Não sei julgar...só sei amar...
Por vezes me chama à razão
O amor que trago em profusão
Que distribuo...ainda me sobeja
Que meu corpo deseja

Amar a todos, eterna amante
Ser especial, saber discernir
Fazer ser individual
A mensagem de amor
A cada coração
Crente, demente, ou em doce calma
Tempero de minha alma

Sentimentos sem igual
Sem pressa de compreensão
Sem exigir reciprocidade na relação
Amar, simplesmente amar...
À tudo e à todos

Diana Lima
ITANHAÉM - SP
doml@gnet.com.br

AMOR CEGO

Você cruzou o meu caminho
em um lindo dia de verão.
E quando meu olhar bateu no seu,
senti aprisionar meu coração.

Com gestos e palavras carinhosas,
você aos poucos, me conquistou.
E me deixei levar no doce embalo,
dos abraços e beijos que me ofertou

E eu vivia tão alegremente
à esperar pelos carinhos teus.
Nunca passou pela minha mente,
que esses carinhos já não eram meus.

Vivia assim, sonhando acordada,
por longos anos à lhe desculpar.
Sempre dizendo que eu era amada,
a quem à mim viesse perguntar.

E a cada ano que recomeçava,
mais forte ainda meu amor ficava.
Um amor cego, que não enxergava,
que em seu coração, o meu já não morava.

Simone Borba Pinheiro
sbp@brturbo.com

AMOR PROIBIDO

Como eu poderia saber que..
Ao encontrar o brilho do seu olhar..
Por ele iria me encantar..

Como eu poderia saber que..
Ao encontrar você..
Um novo mundo iria a mim se apresentar..

Como eu poderia saber que..
Em um dia chuvoso e frio..
Eu conheceria o sol e seu calor..

Eu não poderia saber..
Que ao seguir os delicados caminhos do coração..
Eu esqueceria da razão...
E seguiria somente a minha emoção..

Eu não poderia saber..
Que ao me deixar levar pelo encanto das suas palavras..
A delicadeza dos seus gestos..
Para você meu coração iria entregar..

Eu não poderia saber..
Que ao revelar meus sonhos..
Desejos e segredos..
Um novo mundo iria conhecer..

Mas como eu poderia saber..
Que ao seguir o chamado do mais belo sonho..
Eu estava seguindo o caminho do sofrer..

Mas como eu poderia saber..
Que esse era um amor que eu não poderia viver.
. E que um dia eu perderia você...

Eu não poderia saber..
Que sua razão..
Venceria a minha emoção..
Como eu poderia saber..
Que um amor tão puro..
Desejado..
E bonito..
Era também um amor proibido..

Não..
Eu não sabia que isso iria acontecer..
Eu não poderia saber..
Que nunca poderia ter você..

Patricia Montenegro
tryciamontenegro@uol.com.br

A COR DO AMOR

Mergulhando na insanidade
Nestas águas de loucura,
Onde se esconde a maldade
Sinto os corais do medo
Ferindo meus sentimentos
Sangrando meus ferimentos
Que não se curam tão cedo....

Quero nadar bem distante,
Onde o mar é cristalino
Onde possa ir adiante
Sem me prender numa jaula
Como um humilhado felino,
Esperando impaciente
Sem saber de seu destino,
Andando com pés dormentes
Batendo em grades de ferro
Na garganta um berro
Queimando como fogo
Não faço parte desse jogo..
..
Quero ser libertada
Cansei desses grilhões
Sinto-me apunhalada
Quero sentir a emoção
De abraçar meu semelhante
De encontro ao meu coração
Seja do sul ou do norte
Oriente ou ocidente
Não quero ler a morte
Escrita no sol poente
Assinada por opressores
Jogando com toda a sorte
De suas mentes doentes
Crueis e frios ditadores
Que nunca olham de frente...

Quero um mundo novo
Onde se plantem flores
As abelhas colhendo o mel
Todo envolto em cores
O rosa da suavidade
O verde da esperança
O azul da bondade
O amarelo da bonança
Uma outra mistura se faz
Aquela que ainda não é cor
Mas parece o branco da Paz
É o novo matiz do Amor!

Thereza Mattos
São Paulo
therezamattos@terra.com.br

AMOR

Se é que existe mesmo nesta vida,
Alma gentil que vive mui ditosa,
Tendo a existência sempre venturosa,
Cada vez mais alegre apetecida.

Se é que neste mundo de ilusões,
Existe alguém que vive mui contente,
Alguém que vive alegre e sorridente,
Cada vez mais ditoso o coração.

Eu acredito... eu creio firmemente,
Que nesse coração tão venturoso,
Existe um sentimento abrasador...

Creio que existe um afeto puro e ardente,
Um afeto enorme, imenso e grandioso,
Afeto este que se chama"AMOR"!

Marieta Jaime
marietajaime@ig.com.br

AMOR IMPOSSÍVEL

Sonho ser tua amada
Tua eterna namorada
Tua louca tentação
Sonho ser tua flor da primavera
Tua doce quimera
Teu mundo de ilusão
Sonhos com teus abraços
Na ternura dos teus braços
Envolvendo-me em um laço
com o nó da sedução
Sonhos com teus beijos
Teus lascivos desejos
que me enchem de tesão
Sonho com tua boca
que me deixa quase louca
como as chamas de um vulcão
Sonho ser teu inverno
com o calor do teu inferno
aplacar está paixão e
ganhar teu coração!

Zena Maciel
Recife - PE
zeninha792000@yahoo.com.br

CRUZEIRO DO AMOR

Na imensidão do oceano
Fizemos a viagem dos sonhos
Eu e tu, naquele convés
A orquestra tocava ao vivo
Um bolero apaixonante
Eu estreitada em teus braços
A ouvir tuas ternas palavras
Recitando versos de amor.

A lua nos fez companhia
E a sua luz forte e prateada
Iluminou aquele doce momento
Tão sonhado por nós dois.

Estrelas cintilavam enternecidas
Seguindo o ritmo do bolero
E o navio a singrar os mares
Parecia estar sendo movido
Pela força do nosso amor.

O deus Netuno nos aplaudia
Ninfas e Nereidas volteavam
Sorridentes ao nosso redor
Em belo cortejo marítimo
Ornando com algas douradas
As águas do mar azulado
Daquele cruzeiro do amor!

Yara Maria Nazaré
yamari@uol.com.br

Direitos Autorais
Autores - Poemas
Amparados na Lei nr.9.610, de 19/02/98

Clique para Enviar essa Página 

::: Menu ::: Próximo :::


Formatado:CrisJuan